Crônicas

A AMAZÔNIA DISTÓPICA

     Nossa Amazônia continua sendo um território verde, extensamente verde, e exuberante de natureza, manifestada na vegetação, na fauna e nas águas, tudo em abundância.      Imaginar esse mundo...Saiba mais

  • Compartilhar:

OS CRIMINOSOS E A CREDULIDADE ALHEIA

     Quem já passou dos sessenta anos deve lembrar de um samba antigo, cantado por Alcides Gerardi, no qual havia uma estrofe que dizia: “Camelô na conversa ele vende algodão por veludo. Não tem bronca porque neste mundo tem bobo pra...Saiba mais

  • Compartilhar:

No país da fraternidade

     A trilogia da Revolução Francesa, como todos sabemos, tinha o seguinte lema: liberdade, igualdade, fraternidade. Salvo engano, foi a primeira vez que se usou a fraternidade com um viés político. A partir de então, espalhou-se pelo...Saiba mais

  • Compartilhar:

PARA ONDE VAI A AMÉRICA LATINA?

     Esse é um tema que muito me interessou, desde quando li Subdesenvolvimento e estagnação na América Latina, de Celso Furtado. E, tempo depois, As veias abertas da América Latina, de Eduardo...Saiba mais

  • Compartilhar:

ROMANCISTAS MARANHENSES CONTEMPORÂNEOS

     Inicio repetindo o que já foi dito anteriormente, em outra ocasião. Em nossas reuniões na Academia, o confrade Sálvio Dino costumava dizer: “Precisamos de novos romancistas. Já temos muitos...Saiba mais

  • Compartilhar:

RECEITA PARA ENFRENTAR O ANO NOVO

     A chegada de um novo ano traz, em si, uma carga de esperanças e projetos. A novidade deste ano de 2022 é o desafio de como sustentar esses projetos na era das incertezas e a ameaça contínua de uma pandemia que se recusa a dar-se por vencida....Saiba mais

  • Compartilhar:

UMA FILHA POR TRÊS GARRAFAS DE CERVEJA

       Ao lado da violência contra as mulheres e contra os idosos, a violência contra crianças está em igual nível de exacerbação. O mais chocante dessas práticas é que todas são executadas, em sua maioria,...Saiba mais

  • Compartilhar:

DOSTOIÉVSKI – 200 ANOS

     Hoje, 30 de outubro de 2021, comemora-se o bicentenário de nascimento de Fiódor Mikhailovitch Dostoiévski, escritor, profeta, filósofo e psicólogo russo que escreveu marcantes obras da literatura universal e criou personagens...Saiba mais

  • Compartilhar:

TRÊS POETAS MARANHENSES CONTEMPORÂNEOS, DENTRE TANTOS

     A poesia está emergindo, com toda a força, em São Luís e no Maranhão inteiro. A semente que Gonçalves Dias plantou não cessa de brotar frutos em todas as dimensões poéticas. Alguns até chegaram perto...Saiba mais

  • Compartilhar:

FEMINICÍDIO, ESSA OUTRA PANDEMIA

     Ninguém sabe explicar como esse vírus está se propagando de maneira tão geral e tão rápida em todo o país. E o pior é que contra ele não tem vacina.    Não adiantou criar um tipo...Saiba mais

  • Compartilhar:

SETENTINHA

     Foi em 2001, pelo Segundo Caderno do jornal O Globo, que li a crônica de Zuenir Ventura com este título: Setentinha. Nessa crônica, escrita para comemorar seus 70 anos, o cronista descreve seu espanto e faz várias citações,...Saiba mais

  • Compartilhar:

JORNAL “CIDADE DE PINHEIRO” – CEM ANOS

     Cresci lendo o jornal Cidade de Pinheiro. Como pinheirense exilado em Viana, meu pai recebia mensalmente a edição desse jornal. Ele e minha tia-mãe liam-no avidamente para saberem notícias da terra que deixaram e dos parentes que ali...Saiba mais

  • Compartilhar:

Lourival Serejo

O escritor Lourival de Jesus Serejo Sousa nasceu na cidade de Viana, Maranhão. Filho de Nozor Lauro Lopes de Sousa e Isabel Serejo Sousa. Formou-se em Direito, em 1976, especializando-se em Direito Público, pela Faculdade de Direito do Ceará, em 198
Saiba mais

Contatos

  • email
    contato@lourivalserejo.com.br

Endereço

Desembargador Lourival Serejo